COMO FAZER

11 maneiras de ajudar a proteger-se contra o cibercrime

O cibercrime é uma ameaça constante e que ganhou força desde 2015.

Você pode pensar que a única forma de cibercrime que você precisa se preocupar é com os hackers que roubam suas informações financeiras. Mas pode não ser tão simples. Há muito mais preocupações do que apenas as financeiras básicas. O cibercrime continua a evoluir, com novas ameaças surgindo a cada ano.

Quando você ouve e lê sobre a variedade de cibercrimes por aí, pode ficar tentado a parar de usar a Internet completamente. Isso é provavelmente muito drástico.

Em vez disso, é uma boa ideia saber como reconhecer o cibercrime, que pode ser o primeiro passo para ajudar a proteger você e seus dados. Tomar algumas precauções básicas e saber quem contatar ao ver outras pessoas envolvidas em atividades criminosas on-line também são etapas importantes.

Você pode querer aprender como evitar o cibercrime, mas aqui está a coisa: você não pode, no entanto, pode tomar precauções para ajudar a protegê-lo.

O que é cibercrime?

Cibercrime é qualquer crime que ocorra online ou principalmente on-line. Os cibercriminosos muitas vezes cometem crimes ao segmentar redes ou dispositivos de computador. O cibercrime pode variar de violações de segurança a roubo de identidade.

Outros crimes cibernéticos incluem coisas como “pornografia de vingança”, cyber-perseguição, assédio, intimidação e exploração sexual infantil.

Terroristas colaboram na internet, levando atividades terroristas e crimes para o ciberespaço.

Como se proteger contra o cibercrime

Qualquer pessoa que use a internet deve tomar algumas precauções básicas. Aqui estão 11 dicas que você pode usar para ajudar a proteger-se contra a variedade de cibercrimes por aí.

1. Use um conjunto de segurança de internet de serviço completo

Por exemplo, o Avast CPS Antivirus  fornece proteção em tempo real contra malware existente e emergente, incluindo ransomware e vírus, e ajuda a proteger suas informações privadas e financeiras quando você fica on-line.

2. Use senhas fortes

Não repita suas senhas em sites diferentes e altere suas senhas regularmente. Torne-os complexos. Isso significa usar uma combinação de pelo menos 10 letras, números e símbolos. Um aplicativo de gerenciamento de senha pode ajudá-lo a manter suas senhas bloqueadas.

3. Mantenha seu software atualizado

Isso é especialmente importante em seus sistemas operacionais e software de segurança na Internet. Os cibercriminosos frequentemente usam explorações conhecidas, ou falhas, em seu software para obter acesso ao seu sistema. Corrigir esses exploits e falhas pode tornar menos provável que você se torne um alvo de cibercrime.

4. Gerenciar suas configurações de mídia social

Mantenha suas informações pessoais e privadas bloqueadas. Os criminosos cibernéticos de engenharia social podem frequentemente obter suas informações pessoais com apenas alguns pontos de dados, então quanto menos você compartilhar publicamente, melhor. Por exemplo, se você publicar o nome do seu animal de estimação ou revelar o nome de solteira da sua mãe, poderá expor as respostas a duas perguntas de segurança comuns.

5. Fortalecer sua rede doméstica

É uma boa ideia começar com uma senha de criptografia forte e também com uma rede privada virtual. Uma VPN criptografará todo o tráfego que sai de seus dispositivos até que chegue ao seu destino. Se os cibercriminosos conseguirem hackear sua linha de comunicação, eles não interceptarão nada além de dados criptografados. É uma boa ideia usar uma VPN sempre que você estiver em uma rede Wi-Fi pública, seja em uma biblioteca, um café, um hotel ou um aeroporto.

6. Converse com seus filhos sobre a internet

Você pode ensinar seus filhos sobre o uso aceitável da Internet sem desligar os canais de comunicação. Certifique-se de que eles saibam de que modo eles podem vir até você se estiverem passando por algum tipo de assédio on-line, perseguição ou intimidação .

7. Mantenha-se atualizado sobre as principais violações de segurança

Se você fizer negócios com um comerciante ou tiver uma conta em um site afetada por uma violação de segurança, descubra as informações que os hackers acessaram e altere sua senha imediatamente.

8. Tome medidas para ajudar a proteger-se contra roubo de identidade

O roubo de identidade ocorre quando alguém obtém indevidamente seus dados pessoais de uma forma fraudulenta ou artificiosa, normalmente para ganho econômico. Como? Você pode ser induzido a fornecer informações pessoais pela Internet, por exemplo, ou um ladrão pode roubar seu e-mail para acessar as informações da conta. É por isso que é importante proteger seus dados pessoais. Uma VPN – abreviação de rede privada virtual – também pode ajudar a proteger os dados que você envia e recebe on-line, especialmente ao acessar a Internet em redes Wi-Fi públicas.

9. Saiba que o roubo de identidade pode acontecer em qualquer lugar

É inteligente saber como proteger sua identidade mesmo quando estiver viajando. Há muitas coisas que você pode fazer para evitar que criminosos consigam informações privadas na estrada. Isso inclui manter seus planos de viagem longe das redes sociais e usar uma VPN ao acessar a Internet pela rede Wi-Fi do seu hotel.

10. Fique de olho nas crianças

Assim como você vai querer conversar com seus filhos sobre a internet, também vai querer ajudar a protegê-los contra roubo de identidade . Os ladrões de identidade costumam ter como alvo as crianças, porque o número do CPF agora obrigatório para recém nascidos e os históricos de crédito costumam representar uma lista limpa. Você pode ajudar a proteger-se contra o roubo de identidade, tomando cuidado ao compartilhar as informações pessoais de seu filho. Também é inteligente saber o que procurar para sugerir que a identidade do seu filho foi comprometida.

11. Saiba o que fazer caso se torne uma vítima

Se você acredita que se tornou vítima de um cibercrime, precisa alertar a polícia local e, em alguns casos, a Polícia Federal. Isso é importante mesmo que o crime pareça menor. Seu relatório pode ajudar as autoridades em suas investigações ou pode ajudar a impedir que os criminosos se aproveitem  de outras pessoas no futuro.

Se você acha que os cibercriminosos roubaram sua identidade. Estes são alguns dos passos que você deve considerar .

  • Entre em contato com as empresas e bancos onde você sabe que ocorreu uma fraude;
  • Coloque alertas de fraude e obtenha seus relatórios de crédito e extratos bancários;
  • Relate o roubo de identidade ao Banco Central.

Como você pode ajudar seguindo as 11 dicas

De certa forma, combater o cibercrime é assunto de todos. Pense nisso como uma obrigação de fazer sua parte nesta luta.

Para a maioria das pessoas, isso significa seguir alguns passos simples e de bom senso para manter você e sua família em segurança. Isso também significa denunciar crimes cibernéticos.

Quando você faz, está ajudando a combater o cibercrime.

Vítima de uma violação de dados? O Avast CPS conta com a VPN e protege contra o roubo de identidade e ameaças.

O Avast uniu forças com o LifeLock, oferecemos uma solução abrangente de segurança digital que ajuda a proteger seus dispositivos, conexões e identidade.

Até onde cada leitor navegou em meu site: plugin realiza rastreamento de profundidade no WordPress

Artigo anterior

Hackers chineses ligados a ataques globais contra empresas de telecomunicações

Próximo artigo

Você também pode gostar

Deixe uma resposta